terça-feira, 14 de outubro de 2008

Você vai ouvir falar em mim


Até o último segundo era como se tudo ainda estivesse nos lugares certos. Faltou um pouco de ar, precisei de um pouco de água. Mas ao meu lado estava alguém que estaria comigo até de fundo, até onde veriamos apenas quatro pequenos caras (ou pelo menos eu acredito nisso). Eu não consigo me lembrar quem entrou primeiro, eu estava tão sem rumo, perdi a minha cabeça, não sabia mais nem o meu nome se duvidar. Eu ainda acreditava que vocês eram de mentira, só mais uma ilusão. Mas vocês existem mesmo, são reais. Não entendo porque as pessoas visam vocês como pessoas tão distântes se são normais, como todos nós. Eu não queria que fosse assim, queria que fosse comum te ver andando pela minha rua. Então, você estava lá. Vocês. Cantando, como eu sempre ouvi, e eu achando que era tudo mentirinha. Não consigo descrever, eu não sabia se deixava as emoções tomarem conta do meu ser, se gritava seu nome até você poder me ouvir, se gritava para vocês saberem que alguém, aqui, ama vocês ou se cantava junto. O sentimento de desconhecido é ainda pior depois. Tão perto e ao mesmo tempo, ainda assim, tão longe. Em que rua eu tenho que estar para encontrar vocês? Tudo o que eu queria era um abraço. Só um abraço. Tanta sortuda por aí que nem merece tanto assim... Mas eu espero. Por vocês, eu espero. A paciência é a lição que mais demoramos para aprender, e eu juro que estou tentando. Foi lindo, do começo ao fim. Mesmo com você longe, foi lindo. Queria ter seus olhos um pouco mais perto, mas mesmo, foi lindo. O "eu te amo São Paulo" então, nunca senti tudo aquilo em um mesmo segundo. Não sei o que aconteceu com o meu corpo. A única coisa que tenho conciência, é que no final, minha barriga doia de tanto pular e gritar, e no dia seguinte amanheci com a garganta irritada. Até sonho durante a noite. Foi tudo muito perfeito, chega a ser difícil de acreditar. Ainda olho fotos e tento entender que sim, eu estava lá. Cadê minha máquina do tempo? Quero voltar, só para ver vocês de novo!

"Mas eu me rendo. É impossível aceitar que outra pessoa, mais amor do que eu possa te dar. Disso, eu vou duvidar! Então espere, porque ainda não desisti do seu amor. Você vai ouvir falar em mim. Espere o sol cair, deixe a noite entrar, que eu não aguento mais, preciso te encontrar..."

3 comentários:

  1. Ah, que foda. *-*
    Eu nunca fui num show, assim, de alguém que eu gostasse tanto.

    Eu não acredito que você leu aquele texto inteiro.. que linda Gabs. *-* Brigada.
    É só que o meu irmão faz esses problemas todos durarem, sabe. Eu vou precisar de tempo pra resolver tudo e eu não gosto do tempo. Eu gosto do agora, que por um sinal está uma merda..

    ResponderExcluir
  2. eu te falei, vou estar SEMPRE com você. sempre é sempre. pelo jeito você não entendeu isso ainda né fdp.
    e é... eles estavam lá, na nossa frente, cantando para a gente, no mesmo recinto que a gente. MAS POR QUE RAIOS PARECIA APENAS UM VIDEO DO YOUTUBE? POR QUE AQUILO NÃO PARECIA REAL? a minha ficha só caiu, quando eu estava sozinha, na minha cama, com dores em lugares que eu não sabia da existência, lembrando de cada momento do show... quando comecei a chorar, lembrando deles entrando com um sorriso orgulhoso, e demistificando todas aquelas baboseiras que lemos, e ficamos tristes por elas. me sent feliz. mas depois de um momento, comecei a chorar até soluçar. não entendia o que estava acontecendo.. eu só sei que foi o melhor dia da minha vida gá, e VOCÊ estava lá. COMIGO, segurando a minha mão, entre lágrimas e risos. JUNTAS ♥

    ResponderExcluir